Formação de Preços no Curto Prazo - Preço de Liquidação das Diferenças (PLD)


A eminente predominância de recursos de geração hidrelétrica no Sistema Elétrico Brasileiro é um fator determinante na definição de um despacho centralizado de geração, bem como na maneira pela qual a energia elétrica é valorada. Nesse sentido, este curso tem como objetivo principal abordar como é determinado o preço da energia elétrica no mercado de curto prazo brasileiro. Para tanto, são descritos os alicerces metodológicos utilizados pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico no tocante à elaboração do despacho e à relação desta atividade com o preço da energia. O curso evidencia ainda a necessidade do conhecimento de diversos parâmetros envolvidos na determinação do despacho referentes à composição do preço da energia, fornecendo, desse modo, subsídios para que seja possível a um determinado agente elaborar suas estratégias comerciais de uma maneira eficiente.


Ementa

Tópico 0: Nivelamente e Revisão de conceitos importantes

Tópico 1: Introdução

  • Visão integrada dos recursos energéticos
  • Geração de energia elétrica no cenário brasileiro
  • Geração hidrelétrica
  • Geração termelétrica não renovável e renovável
  • Fontes alternativas de energia
  • Aspectos de mercado e regulação

Tópico 2: Planejamento da Operação Energética

  • Definição e objetivos do problema do planejamento da operação energética
  • Representação das unidades geradoras, reservatórios e demanda de energia em problemas de planejamento da operação
  • Divisão do problema em etapas de médio prazo, curto prazo e programação diária
  • Despacho hidrotérmico - exemplo numérico introdutório

Tópico 3: O Problema de Médio Prazo

  • Objetivos do problema
  • Representação por reservatório equivalente de energia
  • Patamares de carga
  • Conceitos básicos de otimização estocástica
  • Árvore de cenários
  • Cálculo da política de operação por Programação Dinâmica Dual Estocástica
  • Principais resultados no horizonte de médio prazo: funções de custo futuro, probabilidade de déficits futuros, custos marginais de operação, intercâmbio entre subsistemas e evolução da energia armazenada
  • Noções básicas sobre curva de aversão a risco
  • Metodologia de Aversão a Risco com base no CVaR: Alternativa Possível para a Resolução nº3/2013 do CNPE

Tópico 4: O Problema de Curto Prazo

  • Objetivos do problema
  • Representação individualizada das usinas hidrelétricas
  • Acoplamento com o problema de longo prazo
  • Principais resultados no horizonte de curto prazo: despacho de geração das usinas e custos marginais de operação por patamar de carga e subsistema para a semana seguinte

Tópico 5: O Cálculo do Preço da Energia

  • Fundamentos utilizados
  • Fluxo das regras de comercialização
  • Modelos computacionais NEWAVE e DECOMP
  • Principais dados de entrada
  • Sequência de utilização dos modelos computacionais
  • Obtenção do Preço da Liquidação de Diferenças